♪ Músicas online grátis! Acesse: www.powermusics.com

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Capitulo 2 – Despedidas

( Elisa)


- Oh mãe vou ter tantas saudades tuas! – depois de ter decidido seguir em frente lá fui com a Liliana despedir-me das nossas famílias.


- Filha claro que eu também vou aproveita o tempo que vais lá estar para aprender o que tens para aprender, não são todas as pessoas que têm a sorte que tu tens.


- Eu sei vou aproveitar muito bem – já me estavam a vir as lágrimas aos olhos e virei-me para o meu pai – também vou ter saudades tuas pai!


- Só espero que te portes bem! E… - interrompi-o.


- Ó pai vá lá eu já sei isso tudo.


- Vá tu sabes que a nossa filha é responsável Marco!



- Pronto chega, Francisco também vou ter saudades tuas seu reguila – abracei-o com muito carinho ele podia ser chato mas eu adorava-o.


- Mana pára! Estas a sufocar-me fogo! – Reclamou ele contorcendo-se todo no meio dos meus braços.


- Pronto, pronto já parei! – disse eu levantando os meus braços em sinal de rendição.


- Obrigado. Também vou ter saudades tuas mana. Achas que posso comer no teu lugar da mesa quando não estas cá? – para ele o meu lugar na mesa é um lugar muito privilegiado quando era um lugar como os outros mas na ingenuidade dele era um lugar mesmo muito privilegiado.



- Quer dizer… Aproveitas-te de eu sair para ires para o meu lugar… - disse de uma maneira chateada na brincadeira e quando ele era para pedir desculpa eu retorqui – Claro que podes seu maluquinho! Adoro-te meu amor…


- Vá chega de lamechices – era melhor acabar porque já estava a chorar.


- Olha filha as tuas malas já estão aqui, a Liliana?


- Foi despedir-se dos seus pais, vou lá despedir-me deles e perguntar-lhe se demora muito para irmos, já venho!


***


- Vá vamos lá Liliana o Táxi está á nossa espera! – ela nunca mais se despachava com a quantidade de malas para levar – Fogo, são assim tão precisas tantas malas? Dá cá que eu ajudo-te a levar.


- Mulher prevenida vale por duas! E não são assim tantas…


- Não… Claro que não são! Pensas que não há lojas em Lisboa? Vá vamos lá.


- Oh claro que sei que há, mas…


- Mas nada, lol só tu rapariga… - e começamo-nos as duas a rir nos somos o contrario uma da outra eu levava o essencial ele levava tudo exagerado mas somos as melhores amigas.


(Liliana)


Depois de termos falado sobre as inseguranças dela lá fomos despedirmo-nos das nossas famílias eu da minha e ela da dela, até que ela foi-me chamar e tivemos mais umas das nossas conversas de ideias diferentes mas no final acabamos as duas a rir.


- Até que em fim que chegaram o táxi já está farto de esperar! – exclamou a mãe de Elisa, Maria José, mas como sempre Elisa retorquiu:


- Ó mãe o que queres? A Liliana trás malas para um batalhão de gente!


- Ia exagerada!


- Eu? Tu é que lev…


- Meninas acabou, estão á vossa espera. – Lá interrompeu a mãe de Eliana - Vá dêem cá um beijo e um abraço!



Depois do abraço e beijo a todos e de pormos as malas no táxi lá entramos em rumo para Lisboa, dissemos adeus pela janela até já não os conseguirmos avistar mais e comecei a sentir a Eliana nervosa.


- Que se passa linda?


- Nada...


- Anda lá eu sei que se passa alguma coisa…


- Oh estou um pouco nervosa, o que será que vai acontecer a partir de agora? Estou preocupada como será daqui para a frente.



- Olha estou aqui para tudo amor, sabes que podes contar sempre comigo vou-te ajudar sempre – dei-lhe a mão para ela saber que pode contar verdadeiramente comigo.


- Obrigada por tudo amiga eu também vou estar sempre aqui para ti meu amor. – ela olhou para as nossas mãos sorriu e olhou para a frente como se a decidir seguir em frente e continuamos o resto da viagem de mão dada a conversar sobre os mais diversos assuntos.

sábado, 2 de julho de 2011

Capitulo 1 – Indecisão

(Eliana)

Será a melhor decisão a tomar? Deixar tudo o que construi aqui, amizades, família, escola, entre outras muitas coisas para seguir o meu sonho… O que fazer?


- Ai que susto, Liliana! Não sabes avisares antes de apareceres!


- Desculpa, fartei-me de te chamar e não ouvias! Que se passa?


A Liliana podia ser muito chata as vezes mas sabia sempre quando se passava alguma coisa comigo.


- Opa não sei se isto é a melhor coisa a fazer… Tenho aqui tudo! Aqui passei os meus primeiro 16 anos de vida e agora deixar tudo o que construi para começar uma nova vida.


- Mas é para seguir um sonho, e não vais deixar tudo! Eu vou contigo, não te livras assim tão facilmente de mim. – sorri e abracei-a.


- Obrigada amiga, obrigada por tudo! E tu também não te livras assim de mim tão facilmente!


- Então vamos? Temos um táxi a chegar para a viagem que vai mudar a nossa vida…


Ainda hesitei um pouco, mas ela tinha razão era para seguir um sonho de criança!


- Vamos então!


(Liliana)


- Tia, onde está a Eliana? – era assim que chamava a Maria José a mãe da Eliana.


- Ela disse-me que ia dar uma volta para se despedir.


- Ah obrigada.


Sabia exactamente onde ela estava, só podia ser no nosso sítio, onde se vê a nossa vila, Soure, quase toda.


- Olá Eliana. – ela não respondeu estava absorta nos pensamentos e voltei a chamar – Eliana! – não respondeu e toquei-lhe sentando-me ao lado dela.


- Ai que susto, Liliana! Não sabes avisares antes de apareceres!


Pois, não tinha ouvido eu a chama-la e eu sabia exactamente o que se passava com ela… Resolvi perguntar-lhe e ela confirmou as minhas suspeitas. Ela desde pequena que é muito ponderada e insegura das suas decisões e esta vez não era excepção! Estava indecisa sobre se iria ou não para Lisboa, para seguir o seu maior sonho estudar numa escola de artes, fazer o que ela gosta, e eu também mas eu sou mais segura das minhas decisões e atirou-me de cabeça. Até que eu disse para ver se ela já estava mais segura:


- Então vamos? Temos um táxi a chegar para a viagem que vai mudar a nossa vida…


Ela hesitou, tentou que eu não repara-se mas reparei já a conheço á muito tempo, mas parece que se decidiu e fomos as duas abraçadas despedirmo-nos das nossas famílias.


Como será que correram as despedidas??


Espero que tenham gostado do 1º capitulo!

Deixem o vou comentário para saber se gostaram, eles são um incentivo para continuar a escrever! Beijinhos,

Patrícia*

domingo, 19 de junho de 2011

Prefácio e Apresentação das Personagens

Eliana uma rapariga sonhadora de 16 anos, em que o seu maior sonho era conhecer os seus grandes ídolos, puder cantar, tocar, dançar, entre outras coisas com eles…

Mas nem sempre as coisas correm como ela quer, e uma decisão, uma grande mudança pode mudar tudo…

Eliana vai estudar artes numa escola em Lisboa e morar com os seus tios e primos, embora tenha nascido em Coimbra onde moram os seus pais e irmão, mas para seguir as ambições vai ter que abandonar a sua cidade e parte da família.

A sua melhor amiga, Liliana de 16 anos também, elas conhecem-se desde pequenas indo as duas juntas para Lisboa já que têm gostos e sonhos parecidos. Vai ser um elemento muito importante na vida de Eliana, vai ajuda-la em tudo, aconselha-la e segui-la no que puder do caminho de Eliana.

Sandra a tia de Eliana, vai acolhe-la em sua casa, e ajuda-la no que puder e sempre que puder, juntas passam momentos importantes e vai ajudar a realizar alguns dos sonho de Eliana.

Ricardo e Afonso primos de Eliana de 14 e 7 anos respectivamente, por vezes vão ser um entrave para certas coisas que Eliana quer, mas também lhe vão proporcionar momentos bons, já que se dão muito bem.

Maria José e Marco, pais de Eliana tentam que ela cumpra com as ambições, mesmo que para isso tenham que se separar, embora o pai não concorde tanto, mas só quer o melhor para a filha.

Francisco, o irmão de Eliana de 6 anos, não lhe vai causar muitas complicações porque não vivem juntos, pois eles dão-se um pouco mal, estão sempre “ás turras”, mas apesar de tudo gostam muito um do outro!


Espero que gostem na minha história, como já disse não tenho muito jeito para escrever mas vou esforçar-me ao máximo! Alguma coisa que achem que deva melhorar digam, aceito sugestões! Desde que não sejam insultos, claro! Mas comentem que é um intensivo para escrever!

Bj,

Patrícia *


sexta-feira, 17 de junho de 2011

Olá!!

Sou a Patrícia e aqui vou apresentar a minha história onde a personagem principal é a Elisa e vou adicionar alguns dos meus ídolos!


Aviso já que não tenho muito geito para escrever mas esforçar-me ao máximo para apresentar a minha história, espero que gostem e que dêem sempre a vossa opinião, desde que não insultem o que escrevo!


Postarei o prefácio e apresentação das personagens assim
que poder.


Bj
Patrícia*